Páginas

12 de dez de 2010

 
 
Amanhã, apaixone-se. Porque o dia seguinte é o dia mais importante da sua vida. É no dia seguinte que sabemos se o dia de ontem valeu à pena. É no dia seguinte que acordamos para a realidade ou continuamos no sonho, a vida da gente começa no dia seguinte e só existe uma maneira de viver: apaixonado. Por isso, dance como se ninguém estivesse vendo você. Trabalhe como se não precisasse de dinheiro. Corra como se não houvesse a chegada. Ame como se nunca tivesse sido magoado antes. Acredite como se não houvesse frustração. Cante como se ninguém estivesse ouvindo. Beije como se fosse eterno e sorria como se não existisse lágrimas. Abrace como se fossem todos amigos. Durma como se não houvesse amanhã. Crie como se não existisse crítica e vá como se não precisasse voltar. Acorde como se nunca mais fosse acordar. Faça a próxima viagem como se fosse a última. Vista-se como se não conhecesse espelhos. Proponha como se não existissem as recusas. Brinque como se não tivesse crescido. Levante como se não tivesse caído. Case como se não houvesse outra. Mergulhe como se não houvesse medo. Ouse como se não existisse o certo ou o errado. Aprecie como se fosse eterno. Viva como se não houvesse fim.
Prefira ser em vez de ter. Sentir em vez de fingir. Andar em vez de parar. Ver em vez de esconder. Abrir em vez de fechar.
Apaixonar-se é um exercício de jardinagem: Arranque o que faz mal. Prepare o terreno. Semeie. Seja paciente. Espere. Regue e cuide, assim terá um jardim. Mas, esteja preparado, pois haverá pragas, secas ou excessos de chuvas. Mas, se desistir não terá um jardim, terá um descampado. A paixão não se vê. Não se guarda. Não se prende. Não se controla. Não se compra. Não se vende. Não se fabrica A paixão é a diferença entre o sucesso e o fracasso, entre a dúvida e a certeza. Apaixonados não esperam, agem. A paixão é que o faz coisas iguais serem diferentes. Amanhã, quando acordar pense se hoje valeu a pena e apaixone-se. Porque, em 24 horas você vai entrar no dia mais importante da sua vida: O dia seguinte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário