Páginas

12 de dez de 2010

 
Eu não quero flores ou um “eu te amo” insignificante para ti. Quero apenas que tu me abrace e diga que, enquanto você estiver aqui, vai estar tudo bem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário