Páginas

16 de jul de 2011

Eu prometi ...

         
Prometi a mim mesma que não derramaria mais uma lágrima se quer por ti. Repeti intermináveis vezes de que eu tentaria te esquecer, me convenci que… Eu já até estava conseguindo te tirar por pelo menos alguns minutos do meu pensamento e até mesmo do meu coração. E percebi que você não era o melhor pra mim, que eu não precisava de ti pra ser feliz, que aquele turbilhão de sentimentos que eu sinto ou que eu sentia, diminuia a cada dia que passa. Mas espera… Estou tentando enganar a quem? Você? Porque todas as promessas, toda essas certezas e decisões que eu tomei, não valeram de nada. Quanto mais eu tento te esquecer, mais eu me apego à você. Digo… Me apego a todas as lembranças que você deixara, ao que ainda existe de ti dentro de mim. Quanto mais eu tento não pensar em ti, eu penso… Penso mais do que eu pensava a um minuto atrás, quando eu repeti que não pensaria. Quanto mais eu tento te tirar do meu coração, mais ele chama por ti, pelo teu nome… Me contrariando que precisa sim de você, que não há felicidade se não há você; dizendo que ainda te ama, que aliás, sua ausência só fez com que esse amor crescesse mais, mais e mais… Suplica pelo teu amor, pelo teu carinho. E eu sei que tudo isso está claro tanto pra mim quanto pra você. Pois sentimento continua o mesmo, continua intacto… E não há nada que faça isso mudar, meu coração é fraco demais pra negar isso, eu sou fraca demais pra conseguir te esquecer. Porque eu não quero, porque tudo o que eu quero ainda é você. (aquidelejoss)

Nenhum comentário:

Postar um comentário